A Divisão do Sermão

COMPARTILHE esta Pregação:

    Sem comentários

A divisão ou o corpo do sermão é sua parte principal. Ela é para o sermão o que é o esqueleto é para o corpo humano, a estrutura sobre o qual o corpo se apoia. As Divisões do Sermão têm por finalidade manter o pregador dentro dos limites do seu tema, facilitar ao auditório o processo lógico da sequência dos pensamentos do pregador e ajudar a memória do próprio pregador.
Essa divisão é geralmente feita através de pontos ou tópicos e subpontos.
A Divisão é muito importante por algumas razões:
- auxilia na construção do plano do sermão;
- facilita a análise da proposição principal do sermão;
- facilita a memorização dos pontos principais do sermão, evitando divagações e prolixidade;
- ajuda os ouvintes a acompanhar a discussão do assunto como também recordar o sermão.
Algumas características da Divisão:
a) Deve ser lógica;
b) Deve visar a unidade do sermão;
c) Deve estar relacionada com o texto ou com o tema, conforme a espécie de sermão;
d) Um ponto principal não deve repetir nem incluir a matéria do outro;
e) Deve haver uma relação lógica e paralela entre um ponto e outro;
f) A transição entre um ponto e outro deve ser feita de maneira sutil e agradável.

Quanto à quantidade de pontos ou divisões, fazem-se algumas observações:
a) O corpo do sermão pode ser dividido em tantos pontos quantos forem necessários;
b) Deve-se entretanto evitar as divisões abundantes ou numerosas;
c) Em princípio, as divisões não devem ir além de 4 ou 5 ou ficar aquém de 2.
Uma divisão numerosa exaure o pregador e o auditório, prejudicando o efeito do sermão. Já um sermão com uma só divisão ou mesmo nenhuma, o assemelhará a um discurso ou simples fala.
Outra questão que se discute é quanto a quantidade de subpontos (ou subtópicos).
Partindo do conceito de que os subpontos são análises ou explicações dos pontos principais, cada ponto deve ter tantos quantos forem necessários para que esse objetivo seja alcançado com eficácia.

Fontes para a Divisão
Quais seriam as fontes para a divisão?
Se for um sermão expositivo ou textual, o texto será a fonte, o que deve ser dividido.
Se for um sermão temático, o tema ou assunto é o que será dividido.

De qualquer forma, a divisão ficará a critério do pregador, utilizando quantos tópicos necessários para explanar a mensagem.

Continue no:

A primeira parte do ide ordenado por Jesus é pregar o evangelho (Mateus 28.20). Mas então surge a pergunta: “como pregarão se não forem enviados?” (Romanos 10.15). A capacitação de pregadores é urgente para a grande demanda de pessoas carentes de ouvir o evangelho. Jesus mesmo disse que não faltam almas e sim pregadores, por isso precisamos de mais trabalhadores para a seara que é grande (Mateus 9.38).
70 páginas. Formato A5 148x210
Adquira impresso ou eBook: Compre aqui o livro 'Interpretação Bíblica'

Nenhum comentário:
Escreva Comente!

IDENTIFIQUE-SE para que seu comentário seja aceito.

Quem sou eu

Minha foto

Tenho prazer em meditar na Palavra de Deus.
Escrevo textos e reflexões sobre as Escrituras.

Siga-nos

Vídeos por email

© 2016 Espaço do Pregador. Designed by Bloggertheme9
Powered by Blogger.