A Formiga, o Coelho, o Gafanhoto e a Aranha

COMPARTILHE esta Pregação:

    Sem comentários

AUTORA: Reniuza Lino
Pv 30.24-28 24
“Estas quatro coisas são das menores da terra, porém bem providas de sabedoria:
As formigas não são um povo forte; todavia no verão preparam a sua comida;
Os coelhos são um povo débil; e, contudo, põem a sua casa na rocha;
Os gafanhotos não têm rei; e, contudo todos saem, e em bandos se repartem;
A aranha se pendura com as mãos, e está nos palácios dos reis”.

PENSAMENTO: As criaturas são sábias por serem capazes de vencer sérias fraquezas, podendo viver triunfantes.

INTRODUÇÃO: O livro de Provérbios é uma literatura hebraica, escrito por Salomão rei de Israel filho do rei Davi. (A palavra provérbios na sua significância mais simples significa, certas ilustrações da vida tirada das coisas materiais (Pv 10.15; Pv 22.9). Não se encontra a frase “Assim diz o Senhor” neste livro. Todas as frases são da vida humana e são consideradas pelos autores. Salomão escreveu três mil provérbios. 

O PROPÓSITO: 
É dar sabedoria e entendimento quanto ao comportamento sábio, justiça, também que os simples sejam prudentes (Pv 1.4,5,7b).
AGUR: É o nome do escritor de Provérbios trinta, a sua identidade é desconhecida, é um nome de origem Árabe e significa “ajudador ou colecionador”. Seus comentários não são de um filosofo, mas de quem tem um olhar alerta e uma mente que pode perceber as coisas em sua volta, interpretando suas observações sobre a natureza e a humanidade. Provérbios trinta apresenta preciosas lições sobre a sabedoria existente na natureza.
O sábio escritor nos apresenta quatro coisas pequenas, mas providas (cheia) de sabedoria:

FORMIGA, COELHO, GAFANHOTO E A ARANHA, Pv 30.24-28. A sabedoria atribuída a essas pequeninas criaturas implica alguma unidade (semelhança) com a existência humana.

1 – AS FORMIGAS: (V.24) 
Ensinam provisão As formigas apesar de serem apresentadas como alguém sem força demonstram grande capacidade de industrializar, elas sabem que tem que se preparar para os meses de inferno, trabalhando arduamente nos meses produtivos visando ajuntar um estoque suficiente de alimentos em seus celeiros. Ao observarmos uma formiga aprendemos a lição da provisão, sortimento vasto, visão ampliada de planejamento para o futuro, nunca erra o caminho, não desiste da sua missão. Sendo assim a pessoa negligente é convocada a ir ter com a formiga. Pv 6.6; Pv 26.13-26.
A PREGUIÇA: A palavra preguiça é o contrário ao trabalho. O preguiçoso é a pessoa que:
A) Adia o começo daquilo que se deve ser feito (Pv 6.9,10).
B) Não termina o que foi iniciado (Pv12. 27).
C) É adepto da lei do menor esforço (Pv 20. 4).
A preguiça ou indolência (negligente, desleixado) é mais ainda tentadora na esfera espiritual do que na física. Deus nos exorta a procurar fazer cada vez mais firme a nossa vocação e eleição, porque fazendo assim nunca tropeçaremos 2ªPe 1.10; 2ªPe1.5-8.
Quem se torna cristão deve imediatamente evitar, ou seja, empregar com muito empenho, muita garra, coragem, com todo esforço para acrescentar a sua fé as sete qualidades nos citadas nos vv.5-9 Sem os nossos esforços as qualidades espirituais não iriam se desenvolver em nós. Como a formiga o cristão deve desenvolver as virtudes a fim de ser vitorioso e frutífero diante de Deus.
O versículo nove diz: “pondo nisto mesmo toda a diligência (zelo, cuidado ativo, rapidez). Demonstra que o crente deve estar empenhado, sem preguiça em seu crescimento espiritual. Depende de nós para termos abundância no dia da calamidade.

2 OS COELHOS: (V.26) ensinam vigilância
A) A sabedoria dos coelhos faz com que busquem abrigos bem protegidos. Sl 91.1
B) Eles se refugiam nas rochas a fim de se livrarem das garras dos animais ferozes Sl17.11,12; Sl62.2 ; Sl40.2; Sl 61.2b,
C) Sabem construir suas casas com materiais que não se destroem facilmente. Mt 7.24 Assim deve ser o cristão, deve se abrigar na sombra do Onipotente Sl 91.1.
A palavra” Altíssimo” diz que Ele é maior do que qualquer ameaça ou perigo que venha enfrentar. Onipotente..destaca o seu poder para enfrentar e destruir todo e qualquer inimigo. Deus é o teu escudo - Sl 18.2.

2.1 - PARA LIVRAR-SE DO INIMIGO: 1Pe 5.8- Sabemos que é Satanás que é o nosso inimigo e somente o homem que busca refúgio em Cristo esta liberto do poder de Satanás. Aqueles que estão sem Cristo estão acorrentados em cativeiro, cegos e sem proteção. Satanás é uma ameaça aos cristãos e procura destruí-los, especialmente por meio de sofrimento (enfermidades, desempregos, porfias, contendas, divisão etc..).

2.2 - COMO VENCER?
A) Através da nossa fé. Ap 12.11a; 1Jo 1.5b
B) Através da nossa luta espiritual. Ef 6.12
C) Através das nossas orações em Deus. Mt 6.13
D) Resistindo e ficando firme Ef 6.13; 1Jo 4.4 
E) Construindo na Rocha Mt 7.24. Suas casas são bem firmes com material resistente, uma vez mais digo que assim o cristão deve ser edificando a sua casa na rocha com o alicerce bem fundo, como a palmeira que o vento sopra sobre suas folhas ela inclina, se dobra, mas sua raiz é firme e não se abala.

3– OS GAFANHOTOS: (v27) ensinam união, cooperação mutua.
A) Os gafanhotos são pequenos e não tem rei (líder) e trabalham juntos. Ec 4.9-12- Melhor é serem dois do que um, porque tem melhor paga do seu trabalho... e se alguém prevalecer contra um, os dois lhes resistiram. Eles trabalham unidos e concretizam seus propósitos. Sl 133.1a
B) Voam em admirável ordem e cobrindo grandes distância e até oceanos sem olhar distância ou dificuldade, com o propósito de alcançar o objetivo. Sl 126.5,6
C) O tamanho é pequeno mas seu trabalho é imenso. Então trabalharemos em equipe para obtermos melhores resultado. Deus capacita a todos quanto se dispõe a trabalhar em seu Reino. O companheirismo tem sua vantagem, pois Deus não nos criou para vivermos isolados uns dos outros. Gn 2.18; Ec 4.12 E, se alguém prevalecer contra um, os dois lhe resistirão; e o cordão de três dobras não se quebra tão depressa.
Todos nós precisamos de amor, do apoio da família, dos amigos e irmãos na fé. At 2.42...e perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão e nas orações. Mas com tudo isso é insuficiente sem a comunhão com o Pai, Filho e o Espírito Santo. 1ªCo1.9 Fiel é Deus, pelo qual fostes chamados para a comunhão de seu filho Jesus Cristo nosso Senhor. 2ªCo13.13; 1ªJo1.3,6.

4- AS ARANHAS (v. 28) ensinam missão
A despeito de sua insignificância (despeito, desgosto).
A aranha pode ser encontrada nos palácios. Assim Deus tem levado os seu pequenos vasos (aos olhos humano) aos mais elevados patamares (lugares altos) da sociedade, afim de que anunciem o evangelho aos que se acham investidos de autoridade. Atos 9.15; Mc 13.9 e tantos outros nos nossos dias atuais. Grandes homens e mulheres têm pregado o evangelho a pessoas de alto nível da sociedade.

Pastora Reniuza Lino
Formada em Teologia IBICAMP
Membro da CIAD (Convenção Internacional das Assembléia de Deus)
E-mail: reniuzialino@hotmail.com

Nenhum comentário:
Escreva Comente!

IDENTIFIQUE-SE para que seu comentário seja aceito.

Quem sou eu

Minha foto

Tenho prazer em meditar na Palavra de Deus.
Escrevo textos e reflexões sobre as Escrituras.

Siga-nos

Vídeos por email

© 2016 Espaço do Pregador. Designed by Bloggertheme9
Powered by Blogger.