O Amor perfeito

COMPARTILHE esta Pregação:

    Sem comentários

Texto Básico: Mateus 5.38-48
Grande ideia: Cristo nos chama a imitar o amor perfeito de Deus.
-Introdução: Desde época de Adão depois do pecado, as pessoas têm tido certo sentimento de vingança, que veio através do pecado, e nos dias atuais tem sido do mesmo modo, pessoas que não sabem mais amar, e que infelizmente até no meio cristão tem tido esse sentimento de vingança, mas através desta passagem.

Cristo nos chama a imitar o amor perfeito de Deus!

Mas como eu aprendo a imitar o amor perfeito de Deus?

Então vamos aprender com as palavras de Cristo:

1 – O amor perfeito está em retribuir o mal com bem: v. 38-42

1.1 – no v. 38 Jesus fala “ouvistes que foi dito: Olho por olho dente por dente”.
Contexto cultural: Os fariseus faziam uma falsa interpretação da lei mosaica, que se encontra em Êx. 21:24; Lv. 24:20; Dt. 19:21. Em que essa lei está retratando sobre questões judiciais, e não sobre vingança pessoal, então os fariseus passavam isso nas sinagogas por isso que Jesus fala “ouviste que foi dito”. Ou seja, Jesus não está condenando a lei de Moisés, e sim a falsa interpretação dos fariseus.
1.2 – Então veremos, através das palavras de Cristo, como retribui o mal com o bem.
I - Não resisti ao perverso: v. 39
1.3 - Todo discípulo de Jesus nunca toma para si vingança, mas ele sempre paga o mal com o bem.
1.4 - Te ferir a face direita: Todos judeus naquela época sabia o que era levar uma bofetada na face direita. E segundo a lei judaica a pessoa era punida por tais ações, mas quando Jesus usa essa figura de linguagem, está dizendo que nós que somos seguidores de Cristo temos que retribui o mal com o Bem.
II. Tira-te Túnica e deixe também a capa: v.40
(NVI) “E, se alguém quiser processá-lo e tirar de você a túnica, deixe que leve também a capa”.
1.5 - Na prática dos fariseus era que em um processo o credor poderia toma do outro a túnica ou a capa dependendo da necessidade do outro, e Jesus usa essa ilustração de que seus seguidores deve retribui o mal com o bem. Por que no deserto de dia é muito quente e a noite é muito fria e a túnica e a capa era a forma de Jesus ilustra sobre que o Cristão ele sempre retribui o mal com o bem.
III. Duas milhas. v. 41
1.6 – Essa passagem se refere ao costuma judaico, em que os fariseus e os judeus faziam essa prática, más porque Jesus usou essas palavras? Os fariseus só andavam com os seus colegas eles não andavam com aqueles que eram de nível mais baixo (Ex: Os samaritanos) “ao pecado esse não ando”, então aqueles que são filhos de Deus eles sempre retribui o mal com o bem, ele está sempre disposto a ajuda.
IV. Dá a quem te pedir. v. 42. Retribui o mal com o bem.
Ilustração: Costume da sociedade. Retribui mal com mal; E o cristão tem que retribui mal com bem.
Aplicação: Cristo nos chama a retribui o mal com o bem, nós não devemos retribui o mal com mal, nós como cristão devemos estar sempre disposto ama, por que o amor, além de ser um dom é o fruto do espírito santo, ou seja, nós não temos desculpa de não sabe ama.

2 – O amor perfeito está em amar a todos sem distinção: v. 43-48

2.1 – v. 43. (ler). Mais uma vez Cristo fala “ouviste que foi dito”, já nesta parte, nós não vamos encontra no antigo testamento, onde devemos odiar nosso inimigo, más os fariseus faziam uma falsa interpretação das escrituras onde se encontra em (Lv. 19), onde fala que devemos amar aos nossos irmãos, e os fariseus interpretação que só devemos ama ao nosso próximo, e não ama aos nossos inimigos.
2.2 – Destes dois versículos v. 44-45 vemos que:
I. Devemos ama a todos. v. 44: (Ler).
a) Amando nossos inimigos.
b) E orando pelo que vos persegue.
II. Para vos torna filho do vosso pai celeste. v. 45.a
a) Não somos salvos por que amamos.
b) Nós amamos por que fomos salvos.
III. Sem acepção de pessoas. v. 45.b
a) Faz nascer o sol sobre maus e bons.
b) Por que, Deus faz cair, chuvas sobre justo, e injusto.
2.3. v. 46-47 (ler). Vemos que Jesus passa algumas características daquele povo que estava presente:
I. Só amamos a quem nos ama. v. 46.
A) Que recompensa tendes? Não fazem os publicanos também o mesmo? v. 46.b
Contexto cultural: Quem era os publicanos? Os publicanos eram os cobradores de imposto do império romano e em vários textos da Bíblia eles são comparados como os piores homens da Bíblia, por isso Cristo faz essa comparação. (Políticos).
II. Saudamos somente os vossos irmãos. v. 47.
a) Que fazeis demais? Não fazem os gentios também o mesmo? v. 47.b Gentios são os pagãos (descrentes).
III. Sede perfeito, como o nosso Pai celeste: v. 48 (ler).
Cristo passa agora que devemos ser perfeito como o vosso pai celeste, por que Deus ama todos sem acepção. Ilustração: Costume de um cristão genuíno, Ama a todos sem distinção.
Aplicação: Jesus passa para nós amamos a todos sem distinção, por que quando nós éramos inimigos de Deus ele nos amou (Rm. 5: 6-11), e devemos ama a todos como em 1Jo. 4:20. Devemos ama porque o amor procede de Deus e quem é nascido de Deus conhece o amor. 1Jo. 4: 7-8. Então vamos irmão amar a todos sem distinção.


-Conclusão: Então vimos que devemos retribui o mal com o bem, e ama a todos sem distinção, então “Cristo nos chama a imitar o amor perfeito de Deus”, Vamos ama como Cristo amou.

gilliardequeiroz@gmail.com

Nenhum comentário:
Escreva Comente!

IDENTIFIQUE-SE para que seu comentário seja aceito.

Quem sou eu

Minha foto

Tenho prazer em meditar na Palavra de Deus.
Escrevo textos e reflexões sobre as Escrituras.

Siga-nos

Vídeos por email

© 2016 Espaço do Pregador. Designed by Bloggertheme9
Powered by Blogger.