A CASA CAIU

COMPARTILHE esta Pregação:

    Sem comentários

Pr. Álvaro Olímpio

"Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as põe em prática, será comparado a um homem prudente, que edificou a casa sobre a rocha" (Mateus 7.24).
-INTRODUÇÃO: O início da fé de um novo convertido é comparado a uma pequena árvore que precisa de cuidados especiais que venha favorecer um ótimo crescimento; A água, uma terra fértil e uma boa localização a onde os raios solares venham banhar suas folhas causando assim a uma perfeita fotossíntese, resultando num verde perfeito em suas folhas.

Sua casa está desmoronando?

Veja o que você deve fazer para manter sua casa de pé:



1- Ouvir a Palavra de Deus

Disse Jesus: "Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras..." há uma necessidade de ouvir os ensinos do mestre, isso nos torna fortalecido para as adversidades nesta vida. Agora veja que a prudência é uma característica de quem é sábio, pois quem ouve Deus falar, se prepara para tudo no mundo, disse o mestre: ...E desceu a chuva, correram as torrentes, sopraram os ventos, e bateram com ímpeto contra aquela casa; contudo não caiu, porque estava fundada sobre a rocha (Mateus 7.25).

2- Obedecer à Palavra de Deus

A palavra de Deus é a nossa proteção e fortaleza nas perseguições e tribulações que atrapalha o início de nossa fé em Cristo, agora se ouvirmos as suas palavras e ás praticá-las, então seremos mais que vencedores em Cristo Jesus (Romanos 8.37-39).

Vejamos o lado negativo de quem ouve, mas não obedece no início da sua fé, e não esqueçam que Jesus compara a nossa vida espiritual a uma construção duma casa; "Mas todo aquele que ouve estas minhas palavras, e não as põe em prática, será comparado a um homem insensato, que edificou a sua casa sobre a areia."
Os fariseus estavam indignados com as palavras de Jesus, pois eles eram mestres no assunto de "ouvir, ensinar, mas não praticar o que ensinavam." o resultado era que a hipocrisia era como argamassa em suas construções, mas as palavras dos seus ensinos, disse Jesus, era como areia, ou seja, tudo sobre ela construído não se sustentava por muito tempo, não resistia os fenômenos da natureza; "E desceu a chuva, correram as torrentes, sopraram os ventos, e bateram com ímpeto contra aquela casa, e ela caiu; e grande foi a sua queda (Mateus 7.26.
 Jesus ressalta no final da parábola que "grande foi sua queda" (Mateus 7.27). Isso é, não foi despercebido aos olhos humanos, não foi uma simples construção que caiu por terra, mas um projeto mal planejado que tinha a vista de todos como algo que era inabalável diante dos olhos humanos. E diante dos olhos humanos, o que parecia firme se despencou com grande estrondo.

-CONCLUSÃO:

A nossa fé é fortalecida diariamente com leitura e prática da palavra do Senhor Jesus, resultando no fortalecimento da nossa fé. O salmista Davi tinha essa garantia;  "Assim terei o que responder ao que me afronta, pois confio na tua palavra" (Salmos 119.42) e falou mais: "Isto é a minha consolação na minha angústia, que a tua promessa me vivifica" (Salmos 119.50), pois tinha a vitória certa diante dos  seus inimigos.
Vimos que o crescimento na fé do novo convertido depende unicamente da sua alimentação do pão da vida, e que o preparo de sua alma (casa) quem dar e Deus e não o homem com a  sua psicologia e teologia barata, e que tudo isso para Jesus e semelhante a areia que não tem firmeza para se construir uma moradia sobre tal elemento natural. Chegamos a conclusão de que tudo vem de Deus "de modo que, nem o que planta é alguma coisa, nem o que rega, mas Deus, que dá o crescimento."
(I Coríntios 3.7) Amém.

"Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam; se o Senhor não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela" (Salmos 127.1).

IEL - Igreja Evangélica Ludovicense

 em São Luís do Maranhão
olvaro@rocketmail.com

Nenhum comentário:
Escreva Comente!

IDENTIFIQUE-SE para que seu comentário seja aceito.

Quem sou eu

Minha foto

Tenho prazer em meditar na Palavra de Deus.
Escrevo textos e reflexões sobre as Escrituras.

Siga-nos

Vídeos por email

© 2016 Espaço do Pregador. Designed by Bloggertheme9
Powered by Blogger.