APRENDENDO COM O MESTRE JESUS

COMPARTILHE esta Pregação:

    Sem comentários


Pr. Agnaldo Marques

João 13 a 17
INTRODUÇÃO: Cristo estava para ser preso. Os discípulos ficariam privados da sua presença física. Ele então proferiu este discurso como demonstração do seu amor e cuidado para com eles. Jesus trata dos últimos assuntos concernentes à sua obra, relembrando ensinamentos, bem como trazendo revelações novas, que seriam vitais para a preservação dos seus apóstolos, discípulos, e da própria igreja.

Você tem aprendido com Jesus?

O objetivo de Jesus era destacar algumas verdades importantes e estar cuidando dos seus discípulos e preparando a sua partida:

Humildade (vs. 1-20)

Exemplo a ser seguido durante a Ceia.
Inesperadamente, Jesus toma uma atitude que causa constrangimento nos discípulos. Ele começou a lavar os pés deles. Mas essa era uma tarefa para escravos! Por isso, Pedro questiona a atitude de Jesus. Não admitia que seu Senhor se rebaixasse daquela forma. Mas Jesus lhe respondeu: Se eu não te lavar, não tens parte comigo (v. 8). Diante de uma escolha dessas, Pedro replicou: Senhor, não somente os pés, mas também as mãos e a cabeça (v. 9). Na verdade, aquilo era só uma lição de humildade, portanto, para ficar como exemplo era necessário que ele lavasse somente os pés.

Qual era o objetivo de Jesus com isso? (v. 12).

1) Mostrar que, se ele se humilhou e serviu por amor, muito mais nós devemos fazer. 2) Mostrar que são bem-aventurados os que servem ao seu semelhante. Esta expressão (bem-aventurados) está ligada à felicidade plena, que só pode ter aquele que um dia j á teve um encontro pessoal, transformador e verdadeiro com Jesus. 3) Isto fica claro, pois Jesus contrasta esses bem-aventurados com Judas, que se perdeu (vs. 17-18). Fala da perdição de Judas como um fato importante, já predito nas Escrituras. O cumprimento dessa profecia (v. 18; SI 41.9) mostra a veracidade de Cristo como vindo do Pai, e a expressão utilizada por ele, Eu Sou, é o nome de Deus revelado a Moisés no episódio da sarça ardente (Êx 3.14).

CONCLUSÃO:

Jesus mostra sua divindade, para destacar um outro ponto em relação ao serviço humilde dos seus discípulos: aquele que recebe um dos seus discípulos, recebe ao próprio Cristo e ao Pai. Isso significa que é na vida do servo humilde que se conhece e se glorifica a Deus (vs. 19-29; Mt 5.16).


e-mail: agnaldoigarapava@gmail.com

Nenhum comentário:
Escreva Comente!

IDENTIFIQUE-SE para que seu comentário seja aceito.

Quem sou eu

Minha foto

Tenho prazer em meditar na Palavra de Deus.
Escrevo textos e reflexões sobre as Escrituras.

Siga-nos

Vídeos por email

© 2016 Espaço do Pregador. Designed by Bloggertheme9
Powered by Blogger.