LIÇÕES DA COVA

COMPARTILHE esta Pregação:

    Sem comentários

Geziel de Jesus

Gênesis 37.23-24
INTRODUÇÃO: Falar sobre cova a princípio é pouco animador. Contudo, a árdua experiência da cova pode nos oferecer preciosas lições.
a) NINGUÉM ESTÁ IMUNE À COVA
A cova pode vir de onde menos se espera. A experiência de José nos mostra que há "irmãos" que lançam na cova.
B) A MAIOR DOR DA COVA
A cova em si não machuca tanto como a dor de ser atacado por "irmãos". Poucos golpes são tão duros quanto ser atacado por quem deveria nos amar. 

Você foi lançado numa cova?

Algumas lições que podemos aprender com a cova:

1) A COVA FAZ PARTE DE UM PROPÓSITO DIVINO

Ainda que pareça absurdo ou inaceitável a cova é o primeiro degrau da escada para o palácio. Não se pode negar que a cova foi um instrumento da maldade dos irmãos de José. Todavia Deus escolheu a cova como parte do processo de preparação para que José chegasse ao palácio de Faraó. Portanto, não se desespere! A maldade dos homens não é maior do que o propósito de Deus.

2) A COVA NÃO É O FIM

Se a causa da cova são os sonhos de deus, então, o sonho não acabou.
José não cavou aquela cova. Então, aquela cova era pra quem a cavou, pois “o que cava uma cova cairá nela; e o que revolve a pedra, esta voltará sobre ele” (Pv 26.27).
Apesar de toda dor e sofrimento, a cova não é o fim. José estava ali apenas de passagem, seu destino era um palácio no Egito. Cova é apenas parte de um projeto maior que o Todo Poderoso desenhou pra você. Portanto, não temas, nem te pasmes. O Senhor tem o controle de tudo.

3) A COVA SÓ ADMITE DUAS OPÇÕES:

 a) Baixar a cabeça e ser esmagado pela dor.
Sentir-se o "coitadinho" ou ter dó de si mesmo só aprofunda a cova, ou seja, agrava o sofrimento. “Se te mostrares fraco no dia da angústia, é que a tua força é pequena (Pv 24.10). Se você não cavou a cova, você não permanecerá nela. Ou seja, sua permanência na cova tem dias contados. Chegará o tempo de Deus resgatá-lo. Se apegue a esta certeza e glorifique a Deus mesmo estando na cova.
b) Levantar a cabeça, olhar para o alto
Clamar ao que pode nos socorrer. A cova tem o poder de nos deixar vazio da soberba, da autoconfiança. Normalmente, na cova serve para nos mostrar que quem pode tudo e está acima de todos é o Senhor. Por isso, quando se clama da cova o grande peixe vomita (Jn 2.1, 2, 10), a fornalha recebe um visitante celestial (Dn 3.25), Leões se tornam dóceis (Dn 6.22).
No caso de José, e uma caravana se aproximou de forma providencial para o tirar da cova. “Depois assentaram-se a comer pão; e levantaram os seus olhos, e olharam, e eis que uma companhia de ismaelitas vinha de Gileade; e seus camelos traziam especiarias e bálsamo e mirra, e iam levá-los ao Egito” (Gn 37.25).

4) O QUE A COVA NÃO PODE NOS TIRAR

Cova não pode nos tirar os sonhos. José chegou ao trono e todos tiveram que curvar diante dele. Além de receber sonhos de Deus, José também foi presenteado por seu pai com uma túnica que só era usada por governantes, sacerdotes e pessoas de distinção. Veja que a túnica (o reconhecimento) quem dá é o homem, mas os sonhos (o chamado) só Deus pode dá.
A túnica que José havia recebido foi tirada para simular sua morte, Ainda que temporariamente, os homens podem até lhe tirar a oportunidade. Porém, jamais lhe tirarão a unção e o chamado, pois estes foram Deus que deu a você.

CONCLUSÃO: Se você foi lançado numa cova, não desanime! Aprenda com a cova e saia dela mais forte!
gezieldejesus@hotmail.com

Nenhum comentário:
Escreva Comente!

IDENTIFIQUE-SE para que seu comentário seja aceito.

Quem sou eu

Minha foto

Tenho prazer em meditar na Palavra de Deus.
Escrevo textos e reflexões sobre as Escrituras.

Siga-nos

Vídeos por email

© 2016 Espaço do Pregador. Designed by Bloggertheme9
Powered by Blogger.