QUAL O SEU NÍVEL DE VIDA ESPIRITUAL?

COMPARTILHE esta Pregação:

    Sem comentários

I Coríntios 13.11
-INTRODUÇÃO: A alegria dos pais que amam o filho sempre será ver o seu pleno desenvolvimento. Seja física, emocional, espiritual e em cada área da sua vida, o filho tem que crescer e amadurecer. Creio que o Apóstolo Paulo se preocupou com a condição de muitos crentes que se diziam espirituais, mas não demonstravam a maturidade no seu dia-a-dia. Deixar as coisas de menino é fundamental para que possamos cumprir com o propósito que Deus tem para nós. Afinal, qual o pai que confiará riquezas para uma criança administrar? Como Deus vai nos confiar seus bens se não crescermos e amadurecermos na fé? 

Qual o nível da sua vida cristã?


1 – MENINOS NA FÉ: I Co 3.1,2

“E eu, irmãos, não vos pude falar como a espirituais, mas como a carnais, como a meninos em Cristo. Com leite vos criei, e não com carne, porque ainda não podíeis, nem tampouco ainda agora podeis...”.
Estes não têm crescimento espiritual. Não desenvolvem o caráter de Cristo. Não aceitam repreensão e mudam de denominação quando confrontados (crente consumidor), etc... Não se enraízam e não dão frutos.

2 – CRENTES CARNAIS: I Co 3.3,4


“Porque ainda sois carnais; pois, havendo entre vós inveja, contendas e dissensões, não sois porventura carnais, e não andais segundo os homens?Porque, dizendo um: Eu sou de Paulo; e outro: Eu de Apolo; porventura não sois carnais?”.
A bandeira da denominação, a célula que frequenta, um grupo fechado na igreja (panelinha), briguinhas, ofensas ou qualquer outra situação que venha isolar e impedir o crente de desenvolver a unidade, não pode estar acima da visão do reino. Só existe uma Igreja do Senhor Jesus Cristo e eu devo trabalhar junto com o meu irmão! Custe o que custar! Deixar se levar por ofensas ou preferências pessoais é coisa de crente carnal!

3 – O MAIOR NÍVEL DA VIDA CRISTÃ: MT 28.18

E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra. O crente maduro é integrante de uma congregação por razão de cuidado e o desenvolvimento da sua fé, e por isso é fiel a ela, mas ele tem o correto entendimento que em Jesus há todo o poder para se tornar uma ponte entre o Reino de Deus e as pessoas que estão perdidas em seus pecados e condenadas à morte eterna. Então ele não se limita apenas a assistir aos cultos, mas, independente dos problemas que tem, sejam pessoais ou dentro da igreja que frequenta, ele faz a diferença na sua cidade. CONCLUSÃO: Será que Deus pode confiar seus melhores dons e bens para nós? Com certeza Ele não negará bem algum para ninguém desde que haja a maturidade necessária. Então vamos crescer! Vamos amadurecer! Vamos deixar as coisas de menino e falar, sentir e raciocinar como um cristão maduro.

e-mail: agnaldoigarapava@gmail.com

Nenhum comentário:
Escreva Comente!

IDENTIFIQUE-SE para que seu comentário seja aceito.

Quem sou eu

Minha foto

Tenho prazer em meditar na Palavra de Deus.
Escrevo textos e reflexões sobre as Escrituras.

Siga-nos

Vídeos por email

© 2016 Espaço do Pregador. Designed by Bloggertheme9
Powered by Blogger.